Bem Vindo
Diário Gastronômico

Bolinho salgado com frango, azeitona e azedinha

Bolinho salgado com frango, azeitona e azedinha

23/12/2019 16h38
Por: Thais Fernandes
1.052
Imagem: Banco de dados do Google
Imagem: Banco de dados do Google

INGREDIENTES

  • 2 copos de farinha de trigo com fermento (se a farinha for sem fermento é bom acrescentar uma colher de chá de fermento);

  • 1 xícara de chá de leite;

  • 100g de frango desfiado;

  • 50g de azeitona verde cortada em pedaços;

  • 4 colheres de sopa de queijo parmesão ralado;

  • 2 colheres de sopa de margarina;

  • 2 ovos (ou uma colher de sopa de chia ou linhaça dourada);

  • 1 xícara de azedinha* lavada e picada;

* Sal e cheiro-verde a gosto.

 

MODO DE PREPARO: 

Misture a farinha de trigo com o leite, a margarina, o queijo ralado e os ovos até formar uma massa homogênea, que desprenda da tigela. Depois acrescente o frango, o cheiro-verde, a azedinha e as azeitonas. Com uma colher, forme as bolinhas e frite em óleo bem quente. Por fim, polvilhe com queijo ralado.

 

Bom apetite!!!

Conte-nos a sua experiência em nossa Página no Facebook

***Azedinhas (breve explicação sobre a planta e suas funcionalidades)

A planta da figura 1 é disposta em umbrela (forma de sombrinha) e dá flores amarelas. Contém ácido oxálico, por isso considerada levemente tóxica. Possui um sabor ácido. Rica em vitamina C. Numa situação extrema de sobrevivência pode ser utilizada como febrífuga (contra a febre), diurética, refrescante e contra inflamações intestinais. Suas folhas esmagadas podem ser utilizadas para reduzir inchaços, feridas e para curar gengivite.

A planta da figura 2 chama-se “azeda” – hortaliça popularmente conhecida no Brasil como azedinha.

Resveratrol é um antioxidante que ajuda a controlar a homeostase, equilibrando as funções do organismo, influenciando a cura de inúmeras doenças principalmente do metabolismo e referentes ao envelhecimento.

Ideal para diabetes, principalmente do tipo 2 que é mais comum nos idosos e está relacionada ao desequilíbrio homeostático.

O resveratrol ainda melhora problemas dos vasos em geral, atingindo a maioria das doenças da 3ª. idade, como circulação, cardiovasculares, pele, retardando o envelhecimento. Também beneficia a coordenação motora, previne a formação de catarata e preserva a densidade óssea.

Estudos publicados numa revista americana mostram que o resveratrol tem o mesmo efeito que uma alimentação com poucas calorias, então o resveratrol ajuda a dissolve-las sem dieta especial.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.