Venha você também para o Classificado Folha!
Religião

Grande devoção à Santa Filomena chega a Parelheiros e traz centenas de fiéis ao distrito

A Missa por Cura e Libertação em honra à Santa Filomena ocorre mensalmente na Paróquia Santa Bárbara

30/12/2019 20h41
Por: Pablo Walisson
1.897
Imagem: Pascom Santa Bárbara
Imagem: Pascom Santa Bárbara

A celebração tem atraído muitos fiéis e devotos da Santa Filomena à Paróquia de Santa Bárbara, localizada no Jardim dos Álamos, na região de Parelheiros. A missa acontece aos segundos sábados de cada mês e, desde o início de 2019, quando se instalou na comunidade, vem lotando os bancos da igreja ao ponto de a missa ser rezada por fiéis em pé e na escadaria. 

A devoção se expandiu na região após a chegada do vigário da Paróquia Santa Bárbara e celebrante das “Missas de Santa Filomena”, Pe. Odair José, sjs, que também é grande devoto da Santa e um grande propagador da devoção. Em suas redes sociais, o sacerdote publica os testemunhos que chegam até ele através dos meios de comunicação, as orações da santa, além das novenas e do terço especial da “princesinha do céu”. 

A missa costuma ser carismática e, além dos ritos ordinários, conta com testemunhos de milagres e acontecimentos atribuídos à santa, músicas, danças e a consagração à “Filó”, como é chamada pelos devotos íntimos. Ao final de cada celebração o sacerdote dá a bênção e o exorcismo dos objetos levados pelos fiéis ao presbitério, além da distribuição gratuita do óleo, pulseira e orações de Filomena.

De outras localidades, fiéis organizam caravanas para assistir à celebração. Na última missa, as vans vieram de outro estado, como Minas Gerais, e outros bairros, como Mauá, Grajaú, Santo Amaro, Jabaquara, Vila Mariana e Jardim Varginha. Estima-se que cerca de 900 pessoas participaram do evento na última edição. 

Quem foi Filomena?

Segundo a tradição católica, a santa morreu aos 13 anos após recusar casar-se com o imperador romano, na época, Diocleciano, a quem estava prometida em casamento. Isso levou o imperador a mandar que matassem a jovem Filó, que havia professado o voto de castidade, não podendo viver em matrimônio. Conta a história que Filomena foi maltratada por dias e foi condenada a ser atirada no rio Tigre, mas sem sucesso. Diocleciano mandou então que lançassem flechas em direção à moça, mas também as lanças não a atingiram. Por fim, ocorreu que os fatos levaram o imperador a ordenar que decapitassem a jovem. Filomena foi canonizada em 1837 pelo Papa Gregório XVI. A santa morreu por amor a Cristo e em pureza, por este motivo é homenageada pela igreja católica até os dias de hoje. 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Parelheiros - SP
São Paulo - SP
Atualizado às 21h44
12°
Nuvens esparsas Máxima: 21° - Mínima:
12°

Sensação

13 km/h

Vento

82%

Umidade

Fonte: Climatempo
Ayumi
Bobs
Fique em casa
Editais
Municípios
Fiqque em casa 2
Últimas notícias
Editais
Mais lidas
Fiqque em casa 3
Editais