Quarta, 22 de Setembro de 2021 21:00
(11) 99639-7423
Cidadania Cidadania

“Quero ajudar principalmente as pessoas daqui onde moro”

Participante do Geração que Move, em São Paulo, a adolescente Samara de Oliveira aposta na comunicação e na cultura, apesar das poucas oportunidades

03/06/2021 10h56
1.191
Por: Redação Fonte: UNICEF
Arquivo pessoal – Samara de Oliveira
Arquivo pessoal – Samara de Oliveira

“Eu quero ajudar o mundo inteiro, mas principalmente as pessoas daqui onde moro”, afirma Samara de Oliveira, 13 anos, residente em Parelheiros, São Paulo. Apesar das muitas moradas pela Cidade de São Paulo durante a infância, é em Parelheiros, particularmente no Jardim Santa Fé, onde se sente melhor. “Eu gosto daqui porque, além de reunir muitas das minhas amizades e parentes, é uma área que tem muitas reservas ambientais, é cheio de mato, tem cachoeira... é maravilhoso”, diz com alegria. Entretanto, Samara é crítica em relação à infraestrutura da região, principalmente quanto ao saneamento básico e à falta de manutenção, fundamental em uma área “em que tudo é mato e sempre tem árvores caídas”.

A jovem mora com a mãe e dois irmãos. Desde que sua avó adoeceu, a mãe dedica-se integralmente aos cuidados dela. E hoje a família se sustenta com as pensões da avó e do pai de Samara, profissional de almoxarifado, além do apoio da irmã mais velha. Samara sonha em atuar como bióloga ou jornalista, motivada pelos desejos de explorar o mundo e se comunicar com as pessoas.

A vontade de ampliar sua comunicação levou a adolescente à iniciativa Geração que Move, realizada pelo UNICEF, Fundação Abertis e Arteris, em parceria técnica com a Viração, em São Paulo. “O que mais me mobilizou foi a oportunidade de conhecer, de conversar com novas pessoas”, diz Samara, enfatizando o valor de partilhar visões com jovens de diferentes territórios da cidade. “Os encontros sobre produção audiovisual e sobre depressão e ansiedade são os que mais vou guardar... Foi muito aprendizado”, reflete.

Samara é aluna do 7o ano no Centro Educacional Unificado (CEU) Parelheiros, onde tem a oportunidade de cursar oficina de fotografia no contraturno. “Tenho passado esse conhecimento para os vídeos e outras produções que a gente faz no Geramove”, afirma, contando que sua irmã é fotógrafa. Há algum tempo, Samara tem se dedicado também à música. Com o incentivo do namorado da mãe, teve acesso a seu instrumento preferido, o ukulele, e vem desenvolvendo seu talento com apoio de vídeos instrucionais e aulas informais. O acesso à cultura em Parelheiros é, contudo, limitado ao CEU e à Casa de Cultura de Parelheiros. “Temos que ir a outros lugares para ir a teatro, cinema, e não é todo mundo que consegue, né? A gente não tem carro, tem que ir de ônibus, não é uma experiência boa, sempre demora muito e os ônibus são lotados”, afirma.

O período marcado pela pandemia do coronavírus está sendo atravessado por Samara em altos e baixos. Por um lado, sente que a quarentena a estimulou a encontrar um ritmo de vida mais tranquilo e também a centrar-se. “Aprendi que preciso dar tempo ao tempo, antes eu era muito apressada”, reconhece. Por outro lado, sente falta da escola e das experiências presenciais. “Ir à escola me faz muita falta porque é um ambiente que eu amo. Deixar de ocupar espaços públicos é uma coisa muito ruim também, eu queria estar perto das pessoas”, lamenta. O ensino a distância tampouco tem se mostrado uma experiência positiva. Samara usa o celular para acessar as aulas e materiais e se sente confusa em meio a tanta informação sem apoio de um professor.

No meio de tudo isso, acredita que não pode abrir mão de um papel importante. “Eu queria falar para os jovens começarem a ocupar os espaços, aproveitar as oportunidades que eles têm. Mesmo pequenas são importantes, porque podem trazer novos caminhos”, conclui ela.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Parelheiros - SP

Parelheiros - São Paulo

Sobre o município
Parelheiros é um distrito localizado na zona sul do município de São Paulo. É o segundo maior distrito do município em extensão territorial, embora seja muito pouco povoado. Tem a maior parte da área coberta por reservas ambientais da mata atlântica — nele, se localiza a Área de Proteção Ambiental Capivari-Monos e parte da Área de Proteção Ambiental Ilha do Bororé-Colônia. A região recepcionou a primeira imigração alemã no início do século XIX.
São Paulo - SP
Atualizado às 20h53 - Fonte: Climatempo
13°
Alguma nebulosidade

Mín. 11° Máx. 18°

13° Sensação
20 km/h Vento
82% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (23/09)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 11° Máx. 22°

Sol com algumas nuvens
Sexta (24/09)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 10° Máx. 26°

Sol com algumas nuvens
Ele1 - Criar site de notícias