Sábado, 19 de Junho de 2021 06:06
(11) 99639-7423
Covid-19 Saúde

Com Vila Mariana, Sapopemba e José Pires, Capital conclui entrega das 19 miniusinas de oxigênio

Em funcionamento, as novas unidades representam, juntas, uma economia mensal de R$ 250 mil

09/06/2021 11h46
1.051
Por: Redação Fonte: O Grande ABC
Imagem: Divulgação
Imagem: Divulgação

A Prefeitura de São Paulo concluiu nesta segunda-feira (07) a entrega das 19 miniusinas de oxigênio para a rede de Saúde da cidade. As três últimas foram instaladas nas AMAs (Assistência Médica Ambulatorial) Sapopemba e José Pires, na Zona Leste, e na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Vila Mariana, Zona Sul, onde o prefeito Ricardo Nunes e o secretário municipal de Saúde, Edson Aparecido, estiveram ontem para acompanhar a instalação do equipamento que terá capacidade para produzir 29 metros cúbicos de oxigênio por hora.

“Estamos conseguindo avançar dentro do esperado com as ações de combate à covid, com a ampliação do atendimento à saúde na cidade. Hoje concluímos a entrega das 19 miniusinas de oxigênio com essa [da Vila Mariana] e depois nas AMAs Sapopemba e José Pires, completando as 19, que além de terem importância para o atendimento contribuem para uma economia mensal de R$ 250 mil”, disse o prefeito Ricardo Nunes. Além de alimentar os 30 leitos de UTI que são esperados com a conclusão do equipamento, a miniusina poderá também abastecer os cilindros de oxigênio dos equipamentos de Saúde da região.

secretário Edson Aparecido falou sobre a importância destes equipamentos para a pandemia. “Com essas 19ª miniusinas teremos a capacidade para ampliar até o dia 20 de junho a abertura de mais 250 leitos de UTI aqui na cidade”, ressaltou.

A operação das três usinas está prevista para o dia 18 de junho. As unidades das AMAs Sapopemba e José Pires terão capacidade para produzir 20 metros cúbicos de oxigênio por hora, cada. 

Miniusinas 
Os geradores, juntos, terão capacidade para produzir diariamente nove mil metros cúbicos de gás, o equivalente a 900 cilindros por dia, suficientes para abastecer 596 leitos de enfermaria e 211 de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs).

Já foram entregues 16 miniusinas à população nas seguintes unidades: 
1. HD Capela do Socorro; 
2. UPA Jabaquara; 
3. HD M’boi Mirim 2; 
4. HM Sorocabana; 
5. HD Flavio Gianotti; 
6. HD Tito Lopes; 
7. HD Campo Limpo; 
8. HD M’boi Mirim 1; 
9. HD Cidade Ademar; 
10. HD Mooca; 
11. PS Lapa; 
12. HD Brasilândia; 
13. HD São Mateus; 
14. HD Vila Guilherme; 
15. UPA Vila Mariana;
16. HD Butantã.

Quando uma miniusina é entregue, ela passa por um processo de instalação e início de produção que dura, em média, três dias.


Investimento
Diante do aumento no consumo de oxigênio, a Prefeitura de São Paulo investiu R$ 9,5 milhões na aquisição e implantação de 19 usinas de oxigênio nos equipamentos da cidade. A estimativa é de uma economia de R$ 250 mil mensais para os cofres públicos. Essa aquisição auxilia nos abastecimentos de Hospitais Municipais, UPA’s e Hospitais Dia.


UPA Vila Mariana
Com previsão de entrega para os próximos dias, a nova UPA Vila Mariana, na Zona Sul, estava com a sua construção paralisada desde 2016. A unidade atenderá os casos intermediários, estabilização de quadros de saúde dos pacientes e farão a realização de diagnósticos iniciais, aliviando as Assistências Médicas Ambulatoriais (AMAs) e os equipamentos hospitalares na cidade.

“Este equipamento deverá atender de 200 a 300 mil pessoas e poderá ajudar quem depende do SUS para sobreviver”, afirmou o então prefeito Bruno Covas, quando visitou a obra em maio de 2020. A construção é realizada por empresas licitadas pela Secretaria Municipal de Infraestrutura Urbana e Obras (SIURB) e está inserida no Programa Avança Saúde SP, resultado de acordo entre a Prefeitura e o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

UPA Vila Mariana contará com 1.933 m² de área construída, leitos de UTI, de urgência, consultórios médicos, leitos de observação adulto, de observação infantil, duas salas de isolamento, um consultório odontológico, sete poltronas de inalação, duas salas de avaliação, salas de ortopedia, raio x, medicação, sala para coleta de exames, de gesso, saturação e esterilização, além de farmácias e áreas administrativas. A unidade terá sistema de aquecimento solar e utilização e água de reuso. Nela, atuarão profissionais clínicos, cirurgiões, ortopedistas e pediatras, além de enfermeiros, coordenadores na área médica e enfermagem, técnicos de farmácia, gesso e enfermagem, farmacêuticos, assistentes sociais e funcionários da área administrativa.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
São Paulo - SP
Atualizado às 06h04 - Fonte: Climatempo
14°
Céu encoberto

Mín. 14° Máx. 23°

14° Sensação
15 km/h Vento
88% Umidade do ar
20% (1mm) Chance de chuva
Amanhã (20/06)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 15° Máx. 23°

Sol com muitas nuvens
Segunda (21/06)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 12° Máx. 20°

Sol com muitas nuvens
Ele1 - Criar site de notícias