Venha você também para o Classificado Folha!
Cultura

GRUPO DE DANÇA DA REGIÃO ENXERGA A ARTE COMO FERRAMENTA DE TRANSFORMAÇÃO

Por meio de coreografias carregadas de críticas sociais, o grupo transmite ao público sua mensagem, usando a dança como ferramenta para mudança de vida e abertura de mentes

23/05/2017 15h12
Por: Redação
859

Criado em 2013 pela professora de balé Jéssica dos Santos Alves, o grupo Família Unidos Pela Dança visa trazer cultura e entretenimento para a região, oferecendo também aulas gratuitas de Ballet, Capoeira e Break à comunidade. O ensaio ocorre aos domingos das 9h às 18h, na EMEF Manoel Vieira de Queiroz Filho, localizada dentro do CEU Parelheiros.

 

Em entrevista ao jornal, alguns integrantes contam como tudo começou e como é fazer parte da equipe. De acordo com a bailarina, a ideia surgiu após ser oferecida uma verba com o objetivo de desenvolver um evento cultural na região. “Era muito dinheiro para que eu usufruísse sozinha com minhas alunas, então convidei os grupos independentes Alternative style e Nascidos da rua com a proposta de montarmos juntos um espetáculo de dança. A junção era apenas para o espetáculo, mas acabamos continuando e formamos a Família Unidos Pela Dança”, conta Jéssica, que mesmo sem ter recebido de fato o dinheiro decidiu dar continuidade ao projeto.

 

Hoje o grupo é formado por 25 integrantes, sendo 9 da formação inicial, e todos veem na equipe uma família. “A dança para mim é tudo, principalmente tudo o que eu não tenho em casa. Tenho uma família esplêndida que me apoia em tudo o que pode, mas eles trabalham muito. Eu sempre fiquei muito sozinha e a dança era o que eu tinha para me socorrer e foi aqui que eu me encontrei”, diz Isla,

 

"As pessoas vivem como se estivessem numa cabine telefônica que as impedem de ter contato umas com as outras, elas têm medo de sentir e a dança é a chave que abre a porta e liberta as pessoas", comenta Paulo.

 

Todos encontraram na dança o que procuravam; aceitação, liberdade, resistência, amizade, família e paixão. "Se você pensar na periferia, na diversidade dentro da Família Unidos Pela Dança, seja de corpos ou personalidades, você só encontra aqui. Não se trata só da dança, dançar é fácil, difícil é você se transformar”, diz Fernando, professor de capoeira do grupo.

 

Apesar de todas as dificuldades, como não possuírem local próprio para os ensaios e por serem descriminados por se tratar de um grupo vindo da periferia, transbordam força de vontade e não pensam em desistir, provando que o talento é legítimo.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
São Paulo - SP
Atualizado às 10h29
22°
Muitas nuvens Máxima: 25° - Mínima: 18°
22°

Sensação

13 km/h

Vento

69%

Umidade

Fonte: Climatempo
Ayumi
Bobs
Editais
Fique em casa
Municípios
Fiqque em casa 2
Últimas notícias
Editais
Mais lidas
Fiqque em casa 3
Editais