Venha você também para o Classificado Folha!
Cidadania

ILHA DO BORORÉ, UM TESOURO EM SÃO PAULO

Com toda sua simplicidade esbanja riqueza em seus atrativos naturais, culturais e histórico

19/12/2017 12h14
Por: Vagner Fernandes
770

Quase todo rodeado por água e coberto por uma densa vegetação, o bairro, localizado a 30 quilômetros do centro de São Paulo, é conhecido como Ilha do Bororé (o correto seria península porque um dos seus lados tem ligação com o continente, mas "ilha" pegou e ficou). Vizinho de Parelheiros e Grajaú, Bororé está situado também dentro de uma Área de Proteção Ambiental (APA) e guarda um importante fragmento da Mata Atlântica que ainda resta na cidade.

 

O trajeto dura em média uma hora de carro saindo do Centro, desde que não tenha trânsito. O principal acesso é feito pelo Grajaú, onde é necessário esperar uma fila para pegar a balsa e fazer a travessia, navegando alguns minutos por um pedacinho da represa Billings; um dos maiores e mais importantes reservatórios de água da região metropolitana de São Paulo.

"Aqui é gostoso de morar, um lugar tranquilo para descansar. O lado ruim é a balsa, e os ônibus também, que demoram. Só tem uma linha e passa a cada 30 minutos", comenta Wesley Silvestre.

 

Segundo a Empresa Metropolitana de Água e Energia (EMAE), a embarcação além de ser gratuita é muito simples, mas segura. A capacidade é para dez carros, algumas motos e pedestres. Para quem está acostumado a embarcar pela balsa sabe que os ônibus e as ambulâncias têm preferência para entrar.

 

Uma das maiores reivindicações dos montadores e a troca da balsa por uma maior e o aumento da frota de ônibus. "Estamos fomentando o ecoturismo na ilha e precisamos ser visto com um olhar diferenciado, defendemos a proteção dos mananciais gerando recursos e empregos com ecoturismo, agricultura orgânica entre outros. Até quando ficaremos esquecido? A ilha é um paraíso, mas precisa de cuidados. Cadê os nossos representantes?", diz Vanderlei Silva.

 

Uma das referências turísticas da Ilha do Bororé é a Capela de São Sebastião, Padroeiro da Ilha do Bororé, construída em 1904. Localizada na entrada do bairro, ela tem atividades religiosas pelo menos duas vezes por semana.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
São Paulo - SP
Atualizado às 21h33
12°
Nuvens esparsas Máxima: 21° - Mínima:
12°

Sensação

13 km/h

Vento

82%

Umidade

Fonte: Climatempo
Ayumi
Bobs
Fique em casa
Editais
Municípios
Fiqque em casa 2
Últimas notícias
Editais
Mais lidas
Fiqque em casa 3
Editais