Venha você também para o Classificado Folha!
Cidadania

Prefeitura de SP selecionará organizações que receberão R$ 1,7 milhão para produzir 180 mil refeições para população vulnerável durante pandemia do coronavírus

Instituições interessadas em participar do projeto Cozinhando pela Vida deverão se candidatar até 17 de abril

09/04/2020 14h28
Por: Redação
1.169
Imagem: Banco de dados do Google
Imagem: Banco de dados do Google

Em mais uma iniciativa de combate ao coronavírus, a Prefeitura de São Paulo anunciou nesta quinta-feira, 9 de abril, o projeto Cozinhando pela Vida. A ação, liderada pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Trabalho, possibilita que organizações da sociedade civil apresentem planos de trabalho para a produção de 180 mil refeições, sendo almoço e janta, para a população em situação de vulnerabilidade no período de dois meses.

 

O projeto terá um aporte de R$ 1,7 milhão da Prefeitura, tendo como prioridade a contratação de até 300 mulheres cozinheiras, que são chefes de família e necessitam gerar renda neste período de quarentena. A estimativa é que as primeiras refeições comecem a ser servidas dia 30 de abril.

 

“O Cozinhando pela Vida é um projeto de geração de renda e segurança alimentar da população que mais está sofrendo neste momento de retração da economia. As pessoas de comunidades carentes, que vivem na informalidade, tiveram seus ganhos praticamente zerados e muitas mães estão com dificuldade de levar alimento para seus filhos. Esse projeto visa apoiar essas pessoas que estão passando por necessidade, contribuindo com a melhora dos índices de nutrição de crianças e adultos e com a movimentação econômica do comércio da periferia da capital”, explica a secretária de Desenvolvimento Econômico e Trabalho, Aline Cardoso.

 

Na proposta podem ser apresentadas cozinhas das organizações sociais ou cozinhas da Prefeitura em CEUs, mercados municipais e equipamentos de segurança alimentar. A estimativa é que 10 entidades de todas as regiões da capital sejam selecionadas.

 

O Cozinhando pela Vida também vai incentivar o comércio local. As entidades sociais irão adquirir os itens para a produção das refeições nos estabelecimentos próximos das cozinhas ou organizações participantes.

 

Serão consideradas as propostas que apresentarem um plano de trabalho contendo: identificação, metodologia de trabalho, histórico da organização, público-alvo, objetivos e metas, equipe do projeto e composição das receitas e despesas. Cada entidade poderá apresentar propostas de no máximo R$ 150 mil para a execução do projeto Cozinhando pela Vida.

 

A entrega dos documentos deverá ser feita por meio do endereço eletrônico  [email protected] até 17 de abril.

 

Programa Cidade Solidária

Lançado em 7 de abril, o Cidade Solidária é uma ação intersecretarial da Prefeitura de São Paulo, em parceria com entidades da sociedade civil, que cria uma rede de solidariedade para o atendimento de famílias em extrema vulnerabilidade social durante a pandemia do coronavírus.

 

Na primeira etapa, a iniciativa promove a participação da população interessada em doar cestas básicas, kits de higiene pessoal e limpeza por meio de um sistema de drive-thru solidário. Os alimentos arrecadados são direcionados para o Banco de Alimentos da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Trabalho, que faz a triagem e análise de qualidade.

 

Ao todo, oito postos de coleta estão espalhados na cidade, os endereços e mais informações sobre o Cidade Solidária podem ser consultados no link: https://tinyurl.com/ssty44x

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
São Paulo - SP
Atualizado às 22h15
12°
Nuvens esparsas Máxima: 21° - Mínima:
12°

Sensação

13 km/h

Vento

82%

Umidade

Fonte: Climatempo
Ayumi
Bobs
Editais
Fique em casa
Municípios
Fiqque em casa 2
Últimas notícias
Editais
Mais lidas
Fiqque em casa 3
Editais