Segunda, 01 de Março de 2021 17:07
(11) 99639-7423
Cultura Cultura

Secretaria Municipal de Cultura lança projeto "Vozes Contra o Racismo"

Diálogos Cultura Presente têm início nessa segunda-feira (27), com participação de Maria Gadú e Zezé Motta; Confira a programação completa

28/07/2020 10h20
1.756
Por: Redação Fonte: Secretaria Municipal de Cultura
Imagem: Francio Holanda
Imagem: Francio Holanda
Entre os dias 24 de julho e 24 de agosto, a Secretaria Municipal de Cultura, em parceria com a Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania e Coordenadoria de Promoção da Igualdade Racial, lança o Vozes Contra o Racismo. O projeto, com curadoria feita por Amarilis Costa, Hélio Menezes, Ligia Rocha e Thamires Cordeiro, todos funcionários negros da SMC, consiste em uma grande ação cultural de sensibilização e combate ao racismo, que conta também com um ciclo de debates no webnário Diálogos Cultura Presente e de uma série de intervenções artísticas, visando valorizar o trabalho de artistas negro(a)s e indígenas.

Integrando o ciclo de debates Diálogos Cultura Presente, dez seminários online discutem o racismo em diversos eixos temáticos: Racismo no Brasil: Uma perspectiva histórica de invisibilidade dos povos Afroindígenas; Racismo Estrutural e Institucional: Reflexões transversais; Culturas Negras: expressões artísticas e lugares de Memória na cidade de São Paulo; Raízes e Sementes: Manifestações Culturais Negras e Resistência; e Artes e Comunicação: Vozes que ecoam.

Entre as intervenções, o destaque é a projeção no Monumento às Bandeiras, que acontecerá de 24 a 30 de julho. A obra é realizada pelo artista Denilson Baniwa, com suporte do Coletivo Coletores, e busca subverter o monumento, símbolo da colonização brasileira, imaginando uma outra história para o Brasil. O vídeo começa com uma caravela portuguesa que é naufragada pelas forças da natureza - essas, por sua vez, ocupam o monumento, que também dialoga com a estátua de Pedro Álvarez Cabral, localizada a poucos metros do local.

Outras projeções com suporte do Coletivo Coletores serão realizadas em espaços de todas as cinco macrorregiões da cidade, incluindo uma ação em frente ao Theatro Municipal e à Igreja Nossa Senhora dos Homens Pretos, na Penha, em celebração ao Dia Internacional da Mulher Negra Latino-americana e Caribenha. A ação é feita em parceria com a Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania.

Ainda na programação, grafites de artistas como Mauro Neri, Diego Mouro, Grupo OPNI, Luna Bastos e Robinho Santana, além de uma série de lambes e instalações em diversos pontos da cidade.

Programação Diálogos Cultura Presente:

Webinar Vozes Insurgentes: Racialidade em pauta

EIXO 1 Racismo no Brasil: Uma perspectiva histórica de invisibilidade

dos povos Afroindígenas

DIA 27/07 (SEGUNDA FEIRA)

MEDIAÇÃO: Bruna Laís

TEMA: Reflexões Ancestrais: O povo indígena em foco

CONVIDADOS: Maia Aguilera, Maria Gadú, Célia Xakriabá

HORÁRIO: 16h às 18h

YOUTUBE EVENTO - http://youtu.be/fXqYM73Gcyc

DIA 27/07 (SEGUNDA FEIRA)

MEDIAÇÃO: Amarílis Costa

TEMA: Vidas Negras Importam? Reflexões sobre o Racismo no Brasil

CONVIDADOS: Maria Sylvia de Oliveira, Allyne Andrade, Zezé Motta

HORÁRIO: 19h às 21h

YOUTUBE EVENTO - http://youtu.be/8GInOlwmgdI

EIXO 2 Racismo Estrutural e Institucional: Reflexões transversais

DIA 28/07 (TERÇA FEIRA)

MEDIAÇÃO: Priscila Machado

TEMA: Racismo e as Estruturas

CONVIDADOS: Érico Brás, Adilson Moreira, Amarílis Costa

HORÁRIO: 19h às 21h

YOUTUBE EVENTO - http://youtu.be/wf0plflUgoE




EIXO 3 Culturas Negras: expressões artísticas e lugares de Memória

na cidade de São Paulo

DIA 29/07 (QUARTA FEIRA)

MEDIAÇÃO: Lígia Rocha

TEMA: Da Galeria do Rock às Quadras de Escolas de Samba: Resgate histórico da Produção Cultural Negra

CONVIDADAS: Juliana Aparecida, Raphaella Reis, Adriana Souza

HORÁRIO: 14h30 às 16h30

YOUTUBE EVENTO - http://youtu.be/IYSVPmtXzz4

DIA 29/07 (QUARTA FEIRA)

MEDIAÇÃO: Daniel Souza

TEMA: Expressões Artísticas Ancestrais: Cultura Negra e Representação Simbólica

CONVIDADOS: Beth Beli, Carla Stela Santos, Giselle Santos

HORÁRIO: 19h30 às 21h

YOUTUBE EVENTO - http://youtu.be/EX7AaTVF2so

EIXO 4 Raízes e Sementes: Manifestações Culturais Negras e Resistência

DIA 30/07 (QUINTA FEIRA)

MEDIAÇÃO: Julio Morais

TEMA: Samba, suor e lágrimas: Manifestação Cultural e Memória do Povo Negro

CONVIDADOS: , Nega Duda, Leci Brandão

HORÁRIO: 14h30 às 16h30

YOUTUBE EVENTO - http://youtu.be/qDPxcvg5n0c

DIA 30/07 (QUINTA FEIRA)

MEDIAÇÃO: Isabella Amaro e Thamires Cordeiro

TEMA: O nascer do Funk, sementes de um futuro de resistência.

CONVIDADOS: Deize Tigrona, Bruno Ramos, Mc Carol de Niterói

HORÁRIO: 19h às 21h

YOUTUBE EVENTO - http://youtu.be/QIeoimjODiQ

EIXO 5 Artes e Comunicação: Vozes que ecoam

DIA 31/07 (SEXTA FEIRA)

MEDIAÇÃO: Neriê Bento

TEMA: Punhos cerrados, bocas abertas

CONVIDADOS: Nataly Simões, Karoline Gomes

HORÁRIO: 15h às 16h30

YOUTUBE EVENTO - http://youtu.be/a82uTG1vGZM

DIA 31/07 (SEXTA FEIRA)

MEDIAÇÃO: Hélio Menezes

TEMA: A arte de (re)existir

CONVIDADOS: Denilson Baniwa, Aline Motta, Castiel Vitorino

HORÁRIO: 19h às 21h

YOUTUBE EVENTO - http://youtu.be/G7YhauTPWDQ

<>

URGÊNCIAS: Circuito de Arte Digital - SP

24/07 a 30/07

Projeção no Monumento às Bandeiras com obras do artista Denilson Baniwa

19h às 21h

25/ 07

Projeção na Igreja do Rosário da Penha e na Praça Ramos (a frente do Theatro Municipal) com Coletivo Coletores

19h às 21h

Homenagem:Tereza de Benguela

[Em parceria com a SMDHC]

01/08

Projeções das obras de:

Diego Paulino - Negrum3

Juliana dos Santos - Qual é o pente?

Priscila Rezende - Deformação

CEU Inácio Monteiro

19h às 21h

02/08

Projeções das obras de:

Diego Paulino - Negrum3

Seleção de curtas com a curadoria da A.P.A.N

Conjunto Habitacional Jose Bonifacio Cohab 2 Itaquera

19h às 21h

07/08

Projeções das obras de:

Aline Motta - "Pontes sobre Abismos", "Se o mar tivesse varandas" e "(Outros) Fundamentos"

Musa Michelle Mattiuzzi - Experimentando o vermelho em dilúvio

Centro Cultural da Juventude Ruth Cardoso

19h às 21h

08/08

Projeções das obras de:

Juliana dos Santos - Qual é o pente?

Priscila Rezende - Deformação

Seleção de curtas com a curadoria da A.P.A.N

Diego Paulino - Negrum3

Casa de Cultura Tremembé

19h às 21h

09/08

Projeções das obras de:

Seleção de curtas com a curadoria da A.P.A.N

Igi Ayedun - Imenso é o mundo que ainda guardo em mim

Juliana dos Santos - Qual é o pente?

Priscila Rezende - Deformação

CEU Pêra Marmelo

19h às 21h

14/08

Projeções das obras de:

Musa Michelle Mattiuzzi - Experimentando o vermelho em dilúvio

Seleção de curtas com a curadoria da A.P.A.N

Centro de Culturas Negras

19h às 21h

15/08

Projeções das obras de:

Aline Motta - "Pontes sobre Abismos", "Se o mar tivesse varandas" e "(Outros) Fundamentos"

Seleção de curtas com a curadoria da A.P.A.N

Castiel Vitorino Brasileiro - O vento que venta no mar

CEU Paraisópolis

19h às 21h

16/08

Projeções das obras de:

Aline Motta - "Pontes sobre Abismos", "Se o mar tivesse varandas" e "(Outros) Fundamentos"

Castiel Vitorino Brasileiro - O vento que venta no mar

Igi Ayedun - Imenso é o mundo que ainda guardo em mim

Centro Cultural Grajaú

19h às 21h

21/08

Projeções das obras de:

Preta Rara - Nossa Voz Ecoa

Aline Motta - "Pontes sobre Abismos", "Se o mar tivesse varandas" e "(Outros) Fundamentos"

Seleção de curtas com a curadoria da A.P.A.N

EMEF Prof. Maria Alice Borges Ghion

19h às 21h

22/08

Projeções das obras de:

Seleção de curtas com a curadoria da A.P.A.N

Castiel Vitorino Brasileiro - O vento que venta no mar

Juliana dos Santos - Qual é o pente?

Priscila Rezende - Deformação

Igi Ayedun - Imenso é o mundo que ainda guardo em mim

CEU Vila Atlântica

19h às 21h

23/08

Projeções das obras de:

Castiel Vitorino Brasileiro - O vento que venta no mar

Seleção de curtas com a curadoria da A.P.A.N

Igi Ayedun - Imenso é o mundo que ainda guardo em mim

CEU Uirapuru

19h às 21h

23/08

Projeções das obras de:

Musa Michelle Mattiuzzi - Experimentando o vermelho em dilúvio

Aline Motta - ((Outros) Fundamentos)

Preta Rara - Nossa Voz Ecoa

Juliana dos Santos - Qual é o pente?

Igi Ayedun - Imenso é o mundo que ainda guardo em mim

Praça Roosevelt

19h às 21h

<>

• Mauro Neri - Veracidade

12/08 a 25/08

Rua Augusta, 1117

26/08 a 29/08

Escritas no Asfalto (Vidas Negras Importam)

Av. Prestes Maia, s/n - entre o edf. Matarazzo e o Shopping Light

30/08 a 04/09

Avenida Tiradentes, S/n

CPTM Luz (Muro)

• Diego Mouro

13/08 a 24/08

Ermelino Matarazzo - Rua Caculé (Altura dos Números 68 e 70)

• Grupo OPNI

28/08 a 04/09

Rua Archangelo Archina, 587

21/08 a 27/08

Rua Miguel Borja, s/n; Praça Hilário Franco, s/n; Rua das ovelhas, 90 (Campinho)

16/08 a 20/08

Biblioteca Municipal Milton Santos

12/08 a 15/08

EMEF Saturnino Pereira

• Robinho Santana

12/08 a 17/08

Avenida Naylor de Oliveira, altura do número 10A, Cidade Tiradentes

18/08 a 22/08

CEU Meninos

• Luna Bastos

12/08 a 20/08

CEU Jardim Paulistano

21/08 a 02/09

CEU Paraisópolis




<>

LUZ NEGRA de Monica Ventura

15/08 a 31/08

Largo da Forca - Praça da Liberdade

<>

• Silvana Mendes

17/08

CEU Inácio Monteiro

CEU Guarapiranga

Penha

São Remo

Jd. Jussara

• Xadalu

17/8

CEU Uirapuru

CEU Butantã

CEU Cantos do Amanhecer

CEU Vila Atlântica

• Moisés Patrício

17/8

Glicério

Liberdade

CEU Formosa

CEU Uirapuru

Brasilândia

CEU Paz

CEU Capão Redondo

JD Ibirapuera

Parelheiros

• Marcelo Rocha

17/8

Glicério

CEU Inácio Monteiro

CEU Formosa

Penha

Jd Jussara

CEU Paz

CEU Vila Atlântica

• Rafa Kennedy

17/8

Glicério

Bixiga

Liberdade

São Remo

JD Ibirapuera

• Sallisa Rosa

17/8

Bixiga

CEU Formosa

CEU Butantã

Brasilândia

CEU Vila Atlântica

CEU Cantos do Amanhecer

CEU Capão Redondo

CEU Guarapiranga

JDIbirapuera

URGÊNCIAS: Circuito de Arte Digital - SP

Releases dos vídeos

Diego Paulino - Negrum3

Entre melanina e planetas longínquos, NEGRUM3 propõe um mergulho na caminhada de jovens negros da cidade de São Paulo. Um ensaio sobre negritude, viadagem e aspirações espaciais dos filhos da diáspora.

Priscila Rezende - Deformação

Deformação busca expor um conflito comumente enfrentado por mulheres negras e à margem do padrão estético imposto por nosso meio social, que se vê segregada, menosprezada e não representada em nossos meios midiáticos e até mesmo em ambientes de convívio diário, muitas vezes não figurando como referências de "boa aparência" e "beleza", tornando concretas as feridas incutidas na autoestima desta mulher. Sentada diante de um espelho, a performance é iniciada em um processo de condicionamento estético através da maquiagem. Gradativamente a relação antes estabelecida com o espelho e a imagem nele refletida é alterada. Há uma espécie de estranhamento diante desta imagem, e com uma escova o cabelo é esticado, moldado, de forma agressiva, desesperada, provocando assim, uma espécie de deformação dessa imagem refletida no espelho.

Preta Rara - Nossa voz ecoa

"Eu empregada doméstica - A senzala moderna é o quartinho da empregada", conta a história de Tula Ferreira, ex-doméstica que encontrou por meio da poesia a sua força, além de uma forma de denunciar as mazelas nas quais sobrevivem as trabalhadoras domésticas e as mulheres negras de modo geral. Em paralelo, a apresentadora Preta-Rara fala sobre a criação e repercussão do seu projeto "Eu, Empregada Doméstica" e conversa com Mara, ex-trabalhadora doméstica, sobre as reais situações das domésticas no Brasil. Descortinando uma história que se mantém desde o período escravocrata, transformando o quartinho de empregada em uma senzala contemporânea.

Musa Michelle Mattiuzzi - Experimentando o vermelho em dilúvio

Uma caminhada-ritual para a estátua de Zumbi dos Palmares, no centro do Rio de Janeiro, num diálogo com a pesquisa de Grada Kilomba sobre a política do discurso negro na economia das plantações.

Juliana dos Santos - Qual é o pente?

Um pente de ferro na boca do fogão e um pouco de vaselina era a receita para "ajeitar" os cabelos de muitas mulheres negras até algumas poucas décadas atrás, quando o cheiro de cabelo queimado vinha da cozinha. Era neste cômodo, tão íntimo e acolhedor, que as mulheres cuidavam das madeixas de suas filhas e netas. Esta ação consiste em trazer à tona a situação limite de "controlar", "domar" e "melhorar" as características do cabelo crespo através do fogo, remetendo a toda uma história de restrição da representação do corpo negro em lugares estigmatizados e estereotipados da sociedade.

Castiel Vitorino Brasileiro - O vento que venta no mar

Teve um dia que subi no Morro da Fonte Grande, e dancei em alguns lugares onde também descansava. Dancei na encruzilhada, na porteira, no campo onde caboclos e pretos velhos se encontravam, e na estrada dos boiaderos. A Fonte Grande é o maciço central e mais alto da ilha de Vitória. Dancei com esses ventos que vem do mar.

Aline Motta - "Pontes sobre Abismos", "Se o mar tivesse varandas" e "(Outros) Fundamentos"

Instigada pela revelação de um segredo de família, Aline partiu em uma jornada à procura de vestígios de seus antepassados. Ela viajou para áreas rurais no Rio de Janeiro, em Minas Gerais, Portugal e Serra Leoa, pesquisando em arquivos públicos e privados e, ao mesmo tempo, criando uma contra-narrativa do que geralmente se conta sobre a forma como as famílias brasileiras foram formadas. Com base em suas experiências pessoais, o trabalho pretende discutir questões como o racismo, as formas usuais de representação, a noção de pertencimento e identidade em uma sociedade que ainda tenta um ajuste de contas com sua história violenta e as noções românticas de sua louvada miscigenação.

Igi Ayedun - Imenso é o mundo que ainda guardo em mim

IMENSO É O MUNDO QUE AINDA GUARDO EM MIM, animação multimídia desenvolvida a partir da mistura de técnicas fotográficas, escultura digital, desenho y pinturas manuais, projeta uma malha digital vestível com as paisagens de um outro mundo, entre outro tempo y outra vida, construção artesanal com elementos naturais, entre maquetes, texturas y disposição de objetos, construção digital

a partir da projeções em grande escala entre imagem y movimento luz. Por meio de estruturas visuais rochosas, o filme se realiza como fenda aberta de visualização do desconhecido, distante y onipresente, sobre narrativas noturnas de liberdade, conexão y ritos, resgatando tecnologias ancestrais de meditação, linguagem y comunicação.




* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
São Paulo - SP
Atualizado às 17h01 - Fonte: Climatempo
25°
Trovoada e chuva

Mín. 20° Máx. 28°

25° Sensação
20 km/h Vento
69% Umidade do ar
90% (8mm) Chance de chuva
Amanhã (02/03)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 20° Máx. 30°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Quarta (03/03)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 19° Máx. 31°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Ele1 - Criar site de notícias