Terça, 29 de Setembro de 2020 01:10
+55 11 94087-6185
Educação VOLTA ÀS AULAS

Escolas estaduais de SP preparam reabertura para reforço em setembro

Retorno das aulas presenciais segue previsto para 7 de outubro, mas escolas podem reabrir para reforço, tutoria e atividades esportivas a partir do dia 8 de setembro.

17/08/2020 18h40
198
Por: Maria Vitória Freitas Fonte: G1

As escolas estaduais de São Paulo têm se preparado para o retorno das aulas de reforço presenciais que deve acontecer no dia 8 de setembro. As salas de aulas terão marcações no chão para garantir distanciamento; afastamento entre mesas e cadeiras e recipientes com álcool em gel.

As escolas que reabrirem para o reforço escolar vão ter somado 169 dias fechadas, segundo um levantamento do SP1.

As escolas públicas e privadas de regiões que estão na fase amarela do plano de flexibilização econômica há 28 dias, e desejarem, poderão antecipar a reabertura para reforço escolar, tutoria, atividades esportivas a partir do dia 8 de setembro.

As escolas estaduais voltarão com a medição de temperatura, 35% dos alunos em sala de aula, serão distribuídos equipamentos de proteção individual, distanciamento de 1,5 metro entre os alunos e entradas e saídas escalonadas.

O governo estadual deixou que as escolas decidissem se querem ou não aderir às aulas de retorno, mas as diretorias de ensino ainda não foram orientadas.

A Diretoria Norte-1 afirmou que "não saiu nada oficial" e a Diretoria Leste-1 afirmou que "não chegou nenhum comunicado".

 

Quais escolas podem voltar no dia 8 de setembro?

 

A previsão do governo é de que todo o estado volte a ter aulas presenciais no dia 7 de outubro. No entanto, escolas que quiserem voltar a ter atividades opcionais a partir de 8 de sembro deverão atender aos seguintes requisitos:

  • A região precisa estar por 28 dias seguidos na fase amarela (ou superior) do Plano São Paulo de flexibilização da quarentena;
  • Cada escola tem a opção de voltar mediante escuta de sua comunidade.

 

 

Aulas presenciais

 

O governo de São Paulo adiou a reabertura das escolas públicas e privadas no estado para o dia 7 de outubro. A medida vale tanto para a rede pública quanto a privada, da educação infantil até o ensino superior.

A princípio, a data de volta às aulas seria 8 de setembro, mas o governo estadual adiou por recomendação do Centro de Contingência do Coronavírus para garantir uma margem de segurança maior para as crianças, adolescentes, professores, gestores e profissionais da rede pública e privada de ensino e seus familiares, de acordo com o governador João Doria (PSDB).

Porém, as escolas públicas e privadas de regiões que estão na fase amarela do plano de flexibilização econômica há 28 dias, e desejarem, poderão antecipar a reabertura para reforço escolar, tutoria, atividades esportivas a partir do dia 8 de setembro.

Só poderão participar dessas atividades alunos que tiverem autorização dos pais. Estudantes e profissionais do grupo de risco permanecem obrigatoriamente em atividades apenas remotamente.

O secretário da Educação, Rossieli Soares, também afirmou que os municípios terão autonomia de determinar as regras de reabertura da rede escolar das cidades a partir de 7 de outubro.

 

Como deve ser o distanciamento?

 

 

  • Estudantes, professores e funcionários devem manter distanciamento de 1,5 metro entre si.
  • Horários de entradas e saídas serão organizados para evitar aglomeração, e serão preferencialmente fora dos horários de pico do transporte público.
  • Continuam proibidos: feiras, palestras, seminários, competições e campeonatos esportivos, comemorações e assembleias.
  • Intervalos e recreios devem ser feitos sempre em revezamento de turmas com horários alternados.
  • As atividades de educação física estão permitidas desde que se cumpra o distanciamento de 1,5 metro. Preferencialmente devem ser realizadas ao ar livre e com cuidando da higienização dos equipamentos.
  • Recomendado que o ensino remoto continue em combinação com a volta gradual presencial.
  • Como deve ser a higiene?

     

     

    • O uso de máscara é obrigatório para todos dentro da instituição e no transporte escolar.
    • Instituição deve fornecer equipamentos de proteção individual (EPIs) para os funcionários.
    • Bebedouro será proibido. Água potável deve ser fornecida de maneira individualizada. Cada um deverá ter seu copo ou caneca.
    • Banheiros, lavatórios e vestiários devem ser higienizados antes da abertura, depois do fechamento e a cada três horas.
    • Lixo deve ser removido no mínimo três vezes ao dia.
    • Superfícies que são tocadas por muitas pessoas devem ser higienizadas a cada turno.
    • Ambientes devem ser mantidos ventilados com janelas e portas abertas, evitando toque em maçanetas e fechaduras.

     

     

    Quais são os requisitos para a retomada das aulas presenciais?

     

    Com as mudanças, para a retomada das aulas presenciais no dia 7 de outubro será necessário que nos primeiros 14 dias 80% da população do estado deve esteja na fase amarela e nos outros 14, 100%.

    Apensar, de atualmente, 86% da população estar nessa fase, conforme apresentado nesta sexta na recalibragem da classificação das regiões, a gestão estadual decidiu seguir a recomendação do comitê de saúde e adiar o retorno para outubro.

     

    Todos os alunos podem frequentar as atividades opcionais?

     

    Não. A escolas que desejarem reabrir no dia 8 de setembro para atividades opcionais deverão respeitar algumas regras, são elas:

     

    • receber até 35% da sua capacidade para alunos da educação infantil e fundamental e nos anos iniciais;
    • receber até 20% da sua capacidade para alunos do Ensino Médio e anos finais.
    • Manter o distanciamento de 1,5 metro entre os estudantes.

     

    O distanciamento tem exceções, como no caso da educação infantil e creches, em que não há como manter essa distância entre bebês e cuidadores.

     

    Quem volta no dia 7 de outubro?

     

    A volta será feita em esquema de rodízio de alunos definido pelas próprias escolas e dividida em três fases de retomada:

    • Primeira fase: somente 35% dos alunos de cada classe poderão frequentar as escolas a cada dia. Ou seja, em um dia vai um grupo, em outro dia, vai outro. Mas a Secretaria não informou qual modelo de rodízio as escolas devem se inspirar.
    • Segunda fase: até 70% dos alunos poderão frequentar as escolas a cada dia.
    • Terceira fase: 100% dos alunos podem voltar às salas de aula.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
São Paulo - SP
Atualizado às 01h07 - Fonte: Climatempo
22°
Alguma nebulosidade

Mín. 18° Máx. 25°

22° Sensação
11 km/h Vento
69% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (30/09)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 18° Máx. 35°

Sol com algumas nuvens
Quinta (01/10)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 21° Máx. 37°

Sol com algumas nuvens
Ele1 - Criar site de notícias